A primeira vez.

12:50

Por Débora Queirós

"Vai doer se eu apenas puder te olhar de longe."
Quantas primeiras vezes importantes tivemos na nossa vida? Muitas, é verdade. Desde que nascemos somos diariamente parabenizados por algo marcante. Os primeiros passos, as primeiras palavras, o primeiro dia de aula da vida, a primeira nota boa, o primeiro prêmio por algo talentoso, o primeiro amor, o primeiro namorado, o primeiro eu te amo e assim vai tantos e tantos, primeiros... Sempre existiram pessoas pra te apoiar e dizer: siga em frente, você está no caminho certo. E quando essas pessoas somem ou simplesmente não se importam, o que fazer?

Já imaginou se todas essas etapas tivessem sido puladas, quantos corações frustados teriam? Qual seria o prazer de fazer algo se não tivesse uma comemoração? O quão importante é comemorar uma data e estar perto da pessoa que amas pra comemorarem juntas? Ia doer não ia? Na verdade, dói. Porque é tão fácil ficar feliz pela primeira papinha finalizada e tão difícil pelo primeiro relacionamento sério?

Quanto vale tirar o sorriso do rosto de alguém, pra satisfazer o seu sorriso? Isso não se chama egoísmo? Eu respondo, sim, essa é a palavra, egoísmo. Você já quis entrar na cabeça de uma pessoa e tentou entender o que se passava lá dentro? Não? Eu recomento, faz uma diferença grande. Porque está se tornando tão difícil fazer alguém feliz? 
Por que? 
"Não arranque o sorriso do rosto de alguém que amas, amanhã ela poderá tirar o seu. 
E a culpa você saberá de quem é."
- eu só queria estar ao seu lado, apenas.

Você pode gostar também:

2 comentários

  1. Ohw, gostei do texto. Pois é. Embora me arrependa de ter tido algumas ''primeiras vezes'' sei que elas contribuiram para eu ser o q sou hoje.

    http://soentrenosmulheres.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. O pior que é verdade. TU-DO que aconteceu na nossa vida tem um porque.

    ResponderExcluir

POPULARES

INSTAGRAM

CONTATO

Nome

E-mail *

Mensagem *

Inscreva-se