Quando os príncipes viram sapos.

11:27

Por Jordana Castro, modificado por Débora Queirós

Sabe quando uma simples conversa entre amigas acaba rolando uma pergunta onde sem dúvidas muitas já se depararam? Aliás, quantos príncipes acabaram virando sapo depois de uma mancada? Não precisa ser algo drástico como não pedir em namoro, ficar com outra na festa, trocar pela melhor amiga, esse tipo de tragédia que acaba com o coraçãozinho de alguém. Simples detalhes muitas vezes são mais perceptíveis do que eles imaginam. Agora quando eles vão perceber isso, é o que todas querem saber.

A capacidade que algumas pessoas têm de conseguirem estragar o dia com uma frase, um gesto ou quem sabe algo que NÃO tenham feito, é impressionante. E não adianta você tentar explicar que não é necessária uma serenata, um buque de flores ou um urso gigantesco para que nós possamos perceber que somos especiais. Já pensou que um “boa noite meu anjo, sonha comigo” é tão significativo quando uma faixa na avenida principal afirmando: “Marcela EU TE AMO”.

Ontem enquanto assistia o filme “Qual o seu número” me deparei com um típico carinha moderno – conhece a garota, fica com a garota, ilude a garota e some – lembrou de alguém? Parabéns, você não é a única. E todos ficam na dúvida “E com a garota o que aconteceu?”, fácil, entrou na lista de – ILUDIDAS POR UM BABACA –

Afinal, quando os príncipes viram sapos? Quando eles não nos tratam como uma princesa. Simples. Não estou aqui querendo iludir ninguém a acreditar nos contos de fada da Disney e pensarem que o tal “Felizes para Sempre” é sempre no final da história. Mas para nos fazer sentir especiais é fácil. É só você pensar um pouquinho, um beijo na testa, um olhar fixo, um abraço mais apertado, uma mensagem no final do dia, um lembrete de eu te amo, um carinho no rosto, uma carta ou uma canção que lembre vocês.  É como eu repeti diversas vezes, não precisa muito.
São pequenos gestos que fazem toda a diferença.

Você pode gostar também:

0 comentários

POPULARES

INSTAGRAM

CONTATO

Nome

E-mail *

Mensagem *

Inscreva-se