Veem como estás, aceita O meu pai.

22:01

Por Dárvily Mendes

Para diminuir a dor eu comecei a elevar as minhas mãos, querendo de uma forma ou de outra chegar a tocar ao céu, mesmo sabendo que seria uma tentativa inútil, mas eu continuei. Olhar para aquela imensidão azul fez com que o meu intimo aguçasse a doçura de se estar livre e também de descobrir um pouco da paz que aquele lugar me proporcionava e me ajudou a esquecer, a dor, a decepção e tudo aquilo que eu guardava aqui dentro de mim.

Você pode gostar também:

0 comentários

POPULARES

INSTAGRAM

CONTATO

Nome

E-mail *

Mensagem *

Inscreva-se