Palavras são pequenas para descrever (...)

18:54

Por Débora Queirós

Não costumo cobrar abraços e carinhos, normalmente nem dou tanto assim. Mas já parou pra pensar que algumas vezes eu possa ter deixado de dar, propositalmente? Quem sabe eu não esteja esperando os momentos em que você sinta a necessidade de me dar um abraço pelas costas, um beijo no rosto e uma fala mansa no ouvido? E eu fico aqui me corroendo com a vontade de gritar “olha e presta atenção em mim”. Posso não ser tudo que você sonhou, mas um dia você disse que te completava, porque você não demonstra isso através de atitudes? Não é uma cobrança, é uma vontade de se sentir amada.
(...) o tamanho do amor que eu sinto por você. ♪

Você pode gostar também:

0 comentários

POPULARES

INSTAGRAM

CONTATO

Nome

E-mail *

Mensagem *

Inscreva-se