Eu espero por um fim.

21:32

Por Dárvily Mendes
Eu cantava, gritava, mas naquele momento nenhum som saia agradável, cada movimento meu era inútil diante de tudo aquilo que se passava… Eu me encontrava só, e tentava ir em busca de algo que me fizesse voltar a sorrir, voltar a reconhecer as cores e ver o mundo da forma que ele realmente é. Não me era bastante sentir a minha respiração ofegante, eu queria mais, bem mais de mim, mais de ti, que me deixou aqui sentada nesta calçada, com lágrimas presas aos olhos, fazendo da solidão a minha melhor companhia, sem ter como viver, apenas sobreviver… As flores murchas continuam no chão, quando eu te vi me dando as costas não tive forças nem pra segurá-la, e me doeu vê-las ao chão… As palavras que o vento não levou continuam martelando na minha consciência e o meu desejo é que tudo acabe logo, bem ou não, eu espero que tudo acabe logo…

Você pode gostar também:

0 comentários

POPULARES

INSTAGRAM

CONTATO

Nome

E-mail *

Mensagem *

Inscreva-se