"Eu nunca vou deixar de te amar, te querer..."

12:57

Por Dárvily Mendes

Dentre os nossos dedos deixamos escapar aquele grande amor, pouco a pouco fomos nos perdendo de nós mesmos, deixamos de trilhar na mesma linha e passamos a conhecer outras estradas distintas, foi ai quando o nosso coração começou a se despedaçar. Mas calma, não me deixe ir.

Torturante é a maneira que sinto quando eu te vejo partir e ultimamente a ultima lembrança que tenho foi o adeus que você me deixou; nós deixamos o amor, ficamos com a dor, aquela que lateja todos os dias consequentemente sobre os nossos corações a espera de alguma via que venha trazer a nossa salvação, sem saber que a nossa salvação somos nós mesmos. Quem dera fosse doer tanto, quem dera que o nosso amor fosse assim, tão intenso, mesmo depois de tantas dores. Mesmo depois de tantos amores…

Você pode gostar também:

0 comentários

POPULARES

INSTAGRAM

CONTATO

Nome

E-mail *

Mensagem *

Inscreva-se