Entendendo o ISO

20:30

Por Alynne Moreira

Em muitas definições das características de determinadas câmeras falam muito sobre o ISO que elas contém. Em fotografia, sensibilidade ISO > é a medida da sensibilidade de superfícies sensíveis à luz. Também é conhecido como velocidade ISO.
Nas configurações das câmeras você poderá ver até onde vai o ISO
 e vai poder modificá-lo (diminuir ou aumentar) de acordo com a necessidade.

• Quando é aconselhável mudar seu ISO:
- Tirar uma foto sem flash é um convite muito grande para se tirar uma foto borrada. O aumento dessa sensibilidade ISO pode diminuir os borrões melhorando a sua foto.
- Outro exemplo da eficácia do ISO é quando, por exemplo, vamos tirar a foto de algum objeto mas há pouca iluminação e você não quer usar a luz artificial do flash. Aumentando o ISO você conseguirá captar a luz natural desse objeto sem que fique tudo borrado.

ISO100
ISO800
- Já comentei em um post sobre a profundidade de campo. A sensibilidade ISO também pode aumentar essa profundidade dando uma nova perspectiva para a sua imagem. Percebam que na foto com o ISO100 o garoto de vermelho não está focado e quando aumentamos o ISO para 1600 a profundidade fica maior e foca uma grande área.
ISO100
ISO1600
Então resumindo: 
• ISO's maiores (800,1600) são perfeitos se você quer tirar fotos sem borrá-las em locais com pouca iluminação sem o uso do flash. 
• ISO's menores são usados quando você vai tirar fotos em lugares com muita luz. Assim vai evitar que sua foto fique estourada (como eu já falei uma vez nesse post sobre Iluminação).  O ISO ideal para ambientes normais é o ISO100.
Os maiores ISO's podem chegar até 3200 e os menores até 16.
Comecem a mexer nas suas câmeras e vejam como ficam os resultados. Caso nessa vistoria vocês encontrem algo que não entendam é só postar um comentário que eu vou providenciar um post explicando tudinho e tirando as suas dúvidas. Combinado?

Você pode gostar também:

0 comentários

POPULARES

INSTAGRAM

CONTATO

Nome

E-mail *

Mensagem *

Inscreva-se