Confessionário S.O.S - Eu não dou sorte no amor.

22:57

Por Chay

Nome: Fernanda
Idade:15 anos
Cidade: Rio de Janeiro, RJ

Eu sempre fui uma menina sozinha , tinha colegas, não amigos. Mas isso mudou na 4ª série quando eu conheci minha melhor amiga, Nicole.

A minha “não sorte no amor” começou com uma amizade, como eu me tornei muito amiga da Nic, eu conheci o Guilherme, um amigo dela, a cada dia que passava eu ia me encantando, me apaixonando cada vez mais por ele. Ele foi o meu primeiro amor e a minha primeira desilusão amorosa. Gostei dele durante 4 anos, estudamos juntos. Eu gostava dele, a Nic sabia e tentava me ajudar ao máximo. Na medida do possível também, por que ela também era melhor amiga dele, e ele gostava de uma amiga nossa, a Clarissa. Só que ela não gostava dele, e ele sempre pedia a minha ajuda e a da Nic pra “conquistar” ela. Eu me sentia frustrada por que eu tava ali, sempre que ele quisesse, mas ele queria a Clarissa que não estava nem ai pra ele. Sofri, chorei mas no final superei.

Mudei de escola, não tive mais contato com ele, mas mantive contato com a Nicole, ele desencantou da Clarissa, eu desencantei dele, ele começou a namorar outra menina e mesmo sem ver ele eu fiquei “feliz” quando soube que eles tinham terminado.

Na nova escola eu conheci um menino, o Fred, eu comecei a gostar dele... tava tudo certo pra gente ficar na festa de uma amiga nossa, mas não rolou porque do nada apareceu uma menina e ficou com ele. Senti muita raiva dela, mesmo sabendo que ela não tinha culpa de nada, porque afinal de contas ela não sabia que nós íamos ficar, o culpado foi ele. Resultado? Mais uma decepção na minha vida. E mais uma vez eu superei. NO outro ano eu mudei de escola de novo, e quando eu menos esperava eu me apaixonei pelo garoto que no inicio era só o meu amigo, o Lucas. Ele é o tipo de garoto fofo, que te dá atenção mas só quando estamos sozinhos, tudo muda quando os amigos dele chegam. Ele se torna só um amigo comum de escola mesmo.

Ele é complicado e me perturba muito, tem namorada mas vive dando em cima de mim. Como ele mesmo diz: “Eu namoro só pra dizer que eu tenho uma namorada.” Ou quase isso. O fato é que mesmo com tudo isso eu não paro de pensar nele. Só espero que ele não entre na listinha de decepções amorosas.

Nota da Debi: Gente a Chay infelizmente não está podendo entrar com frequencia, mas quando pode ela vai continuar nos mandando histórias tudo bem?

Você pode gostar também:

0 comentários

POPULARES

INSTAGRAM

CONTATO

Nome

E-mail *

Mensagem *

Inscreva-se