Que seja...

19:51

Por Andy Rodrigues
Minha cabeça gira sem parar e nem ao menos saí do lugar. Meu pacto com o silêncio patrocina a minha distração. O meu relógio “tic taca” diferente, estou enxergando do ponto de vista que ninguém resolveu olhar. Imagino coisas fora do comum, às vezes a normalidade me dá preguiça e o sono não tem afastado meus problemas. Tenho corrido por lugares diferentes todos esses dias, ainda assim não encontrei meu lugar. Tudo mistério, tudo segredo. Deveria ter medo? Dei adeus aos laços de seda que prendiam fortemente minhas mãos. Fiquei sem norte. Sei de onde saí. Não sei pra onde ir. Por enquanto me contento com os sorrisos bobos ao falar sozinha. E as lembranças. Deixa o que seja ser.

Você pode gostar também:

0 comentários

POPULARES

INSTAGRAM

CONTATO

Nome

E-mail *

Mensagem *

Inscreva-se