Doces lembranças.

21:47

Por Débora Queirós

Crescer é complicado e ao menos tempo fascinante. A cada amanhecer nós enfrentamos um novo dia, cada fase com seus problemas “impossíveis de serem resolvidos”. Quando criança a maior dificuldade é a boneca não querer comer tudo que você fez com tanto carinho, depois é a mamãe não deixar ir para a casa da amiga, em seguida são as desilusões amorosas, as falsas amizades, o choro, a dor e o medo. É nessa hora que procuramos aquele álbum com fotografias antigas onde você rever pessoas e dias importantes, a saudade aumenta, algumas lágrimas podem rolar e o simples gesto de fechar os olhos, te faz reviver aqueles momentos que ficaram eternos em suas doces memórias. O tempo passa, a saudade machuca, o medo do novo é torturante, mas tudo vai terminar bem e se precisarmos, o colo e as mãos suaves da mamãe ainda poderão acalmar, afinal algumas coisas jamais mudam. 

Você pode gostar também:

7 comentários

  1. Crescer parece ser cada vez mais complicado. Mas é necessário, é a vida.

    ResponderExcluir
  2. Ela continua, mesmo que as vezes não queiramos.

    ResponderExcluir
  3. é.. ja pensou s ninguem crecesse como seria;;

    ResponderExcluir
  4. Faço minhas as suas palavras.
    Mas qual seria a graça da vida se não fossemos essas "metamorfoses ambulantes?"

    missthay.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. O medo do novo é torturante, porém, muito importante para o amadurecimento.

    ResponderExcluir

POPULARES

INSTAGRAM

CONTATO

Nome

E-mail *

Mensagem *

Inscreva-se