Divagações sobre os meus erros.

19:33

Por Gabe Candido

Eu tentei mais uma vez. Busquei forças que eu nem sabia que tinha e dei mais uma chance. Pra quem? Nem sei. Pro amor, pra vida, e acho que principalmente, pra mim mesma. Mas eu falhei, de novo. Falhei porque não consigo ser uma pessoas divertida e agradável o tempo todo. Falhei porque eu já sofri demais e tenho cicatrizes demais para achar que essa coisa de felicidade é pra mim. E por isso eu torturo a mim e a quem está comigo tentando provar que não é de verdade, porque é impossível pra mim que alguém goste de mim e possa me fazer feliz. É impossível porque não é assim que tem que ser. E nessa minha busca auto-destrutiva por uma verdade que eu inventei pra justificar o meu fracasso eu estraguei tudo. Cobrei demais, sufoquei demais, quis demais, gostei demais. Agora eu estou aqui de novo, nesse lugar que eu já conheço tão bem, onde todas as minhas decepções me observam e me cumprimentam ironicamente por mais um fracasso. É aqui que eu vou ficar até as novas feridas cicatrizarem. E eu, sinceramente, espero que demore muito, pra que eu não saia e encontre outro cara perfeito que vai se cansar de mim e dos meus excessos antes que eu possa explicar pra ele que eu só tenho medo... da felicidade.

Você pode gostar também:

0 comentários

POPULARES

INSTAGRAM

CONTATO

Nome

E-mail *

Mensagem *

Inscreva-se