É sempre assim.

14:21

Por Debinha.Q
A noite cai
E com ela as lembranças chegam
Como por impulso
Vejo-me abraçada com o travesseiro
As lágrimas chegam a tona
Minha visão já está embaçada
A dor no lado esquerdo do peito
Aumenta constantemente
Sempre que lembro de você, é assim
Infelicidades, lamentações, amor
Um turbilhão de sentimentos me invade
Mas já estou acostumada
Depois daquele adeus
Todas as noites foram iguais

Você pode gostar também:

1 comentários

POPULARES

INSTAGRAM

CONTATO

Nome

E-mail *

Mensagem *

Inscreva-se