Crescendo...

19:01

Por Andy Rodrigues.

Tão longe para tocar, tão perto pra lembrar.
Leve para sorrir, pesado pra chorar.
Caindo no túnel do tempo, do giz da amarelinha que foi levado pelo vento.
O bambolê no canto do quarto não gira mais.
Bonecas ficaram pra trás.
E a saudade? Ah, essa não vai embora jamais.

Você pode gostar também:

0 comentários

POPULARES

INSTAGRAM

CONTATO

Nome

E-mail *

Mensagem *

Inscreva-se