World Aids Day.

11:21

Por Debinha.Q




DIA MUNDIAL CONTRA A AIDS.
Acima de tudo nós somos uma nação, uma humanidade com defeitos e qualidades, uma humanidade que deve respeitar o próximo como a si mesmo e amar igualmente, não importa qual seja o problema, não importa beleza física, doença, sexo, língua ou religião, todos somos iguais, você e eu somos um.

Todas as pessoas do mundo inteiro estão colaborando com essa causa, sabe por que? Porque Aids é apenas uma doença, e as pessoas estão tratando como se a pessoa tivesse que viver em uma bolha, sem contato nenhum com a sociedade. Eu tenho certeza que elas se sentem as piores pessoas do mundo. Você não acha que já é duro demais conviver com essa doença? E ainda por cima, não ter o apoio dos amigos ou das pessoas que antes eram próximas da mesma.
É difícil, mas todos querem mudar essa triste realidade. 

A matéria a seguir foi pegue da mtv


Aids - Você precisa saber
O que você precisa saber sobre a doença.


Nos últimos 20 anos a aids está presente com freqüência em revistas, TVs, jornais e em grupos de discussão. Apesar disso, ainda existem pessoas que não sabem o que é a doença e as maneiras de preveni-las.


-O que é?
A aids é uma doença que se manifesta após a infecção do organismo humano pelo Vírus da Imunodeficiência Humana, mais conhecido como HIV.
Também do inglês deriva a sigla AIDS, Acquired Immune Deficiency Syndrome, que em português quer dizer Síndrome da Imunodeficiência Adquirida. Isto significa que a doença não é causada espontaneamente, mas por um fator externo.
A aids hoje é considerada uma doença crônica. Isto significa que uma pessoa infectada pode viver com o vírus, por um longo período, sem apresentar nenhum sintoma ou sinal. Isso é possível graças aos medicamentos avançados que ajudam no tratamento

-O que acontece?
O HIV destrói os linfócitos do corpo - células responsáveis pela defesa do organismo. Assim, a pessoa fica vulnerável a outras infecções e doenças oportunistas (como a gripe), chamadas assim por surgirem nos momentos em que o sistema imunológico está debilitado.

-Quais os sintomas?
Importante saber que não existe um padrão para a doença se manifestar. Em cada pessoa ela ocorre de um jeito diferente. Entretanto os sintomas iniciais geralmente são semelhantes, como por exemplo: febre persistente, calafrios, dor de cabeça, dor de garganta, dores musculares, manchas na pele, gânglios ou ínguas embaixo do braço, no pescoço ou na virilha e que podem levar muito tempo para desaparecer.
Com a progressão da doença começam a surgir doenças mais graves como: tuberculose, pneumonia, alguns tipos de câncer, candidíase e infecções do sistema nervoso (toxoplasmose e as meningites).

-Quais as formas de contágio?
Como pega:
- sexo vaginal, oral e anal sem camisinha
- uso da mesma seringa ou agulha por mais de uma pessoa
- transfusão de sangue contaminado
- mãe infectada pode passar o HIV para o filho durante a gravidez, o parto e amamentação
- Instrumentos que furam ou cortam, não esterilizados (como alicate de unha usados em salões de beleza)

Como NÃO pega:
- beijo no rosto ou na boca
- masturbação a dois
- suor e lágrima
- sabonete/ toalhas e lençóis

Exame de HIV e aids
O diagnóstico da infecção pelo HIV é feito por meio de testes, que pode ser realizado pela coleta do sangue.
Esses testes podem ser realizados nos laboratórios de saúde pública, por meio do atendimento do usuário nas unidades básicas de saúde, em Centros de Testagem e Aconselhamento (CTA) e em laboratórios particulares.
Para saber mais informações e tirar dúvidas, é só acessar o site do
Ministério da Saúde.


Ficou um pouco grande, mas não importa, afinal tudo que está ai é importante.

Você pode gostar também:

0 comentários

POPULARES

INSTAGRAM

CONTATO

Nome

E-mail *

Mensagem *

Inscreva-se