Sutiã, nosso melhor amigo.

19:41


Por Debinha.Q

Muitas meninas com certeza já tiveram dúvidas sobre assunto de sutiãs, os mais apropriados, se usa discreto ou chamativo, se pode ficar aparecendo, com bojo ou sem, enfim, são muitas dúvidas. Encontrei uma matéria interessante pra vocês.
• Como escolher o sutiã certo?
Desde o início do século 20, quando substituiu o desconfortável espartilho, a peça se transformou num poderoso aliado do corpo feminino, perfeito para realçar, revelar, esconder e seduzir. Favorecidos pela tecnologia, os modelos estão mais funcionais e ganharam design moderno, o que os torna cada vez mais objetos de desejo para todas nós.
• Como fazer a escolha certa?
1. Defina sua necessidade e então ache o sutiã que vai atendê-la.
2. Se quer um modelo para um decote especial, leve a roupa até a loja e experimente o sutiã com a peça.
3. Considere o custo/benefício. Seja objetiva e escolha um modelo com características que você certamente irá aproveitar para valer
 4. A cor é fundamental: a mais básica é aquela bem próxima do seu tom de pele. Assim, vai poder usar o sutiã também com roupas claras.
5. Algumas empresas já fabricam sutiãs pensando no tamanho dos seios e na largura das costas. A Liz tem um quiosque que passeia por shoppings em todo o Brasil e faz o teste do tamanho ideal.

Cuidados e caprichos com o sutiã são determinantes para sua imagem. Não cometa os 4 pecados:
1. Alças velhas, frouxas e com bolinhas aparentes? São sinais de que está na hora de descartar a peça.
2. Sutiã encardido ninguém merece! Atualmente, há no mercado produtos próprios para lavar lingerie, que não estragam a peça e ainda deixam um cheirinho gostoso.
3. Abaixo as alças de silicone! Elas só dão a ilusão de ser invisíveis. O efeito visual é um desastre e ainda marcam a pele e são desconfortáveis.
4. Sutiãs que aparecem na produção são permitidos? Sim, pois há modelos lindos, que merecem ficar à mostra, seja num decote mais profundo, seja no jogo da transparência. Mas atenção: essa estratégia não pega bem no ambiente de trabalho e em situações formais.                                          
Não tem mais desculpa se sair com a peça errada né? ;D
FONTE: HTTP://claudia.abril.com.br




Você pode gostar também:

0 comentários

POPULARES

INSTAGRAM

CONTATO

Nome

E-mail *

Mensagem *

Inscreva-se